Seinc vai implantar controle de pouso e decolagens em aeroportos do Maranhão

O Governo do Maranhão, por meio, da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), firmou contrato com a Infraero para fazer a gestão de cobranças e repasse de taxas pelo Sistema Unificado de Arrecadação e Cobrança das Tarifas Aeroportuárias (Sucotap) em seis aeroportos maranhenses. 

O Sucotap, conjunto integrado de normas, procedimentos, recursos (humanos, tecnológicos e financeiros) e instrumentos de controle, será utilizado para processar, cobrar, arrecadar e efetuar o repasse do valor arrecadado com as tarifas aeroportuárias de embarque, pouso, permanência e conexão, nos aeroportos maranhenses de Balsas, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Carolina e Santa Inês.

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, explica que a ação “visa fomentar recursos em função do uso dos aeroportos em taxas de pousos, decolagem e de estadia, tendo em vista que não havia retorno destas receitas para custear parte do que o governo investe na manutenção dos aeroportos”, disse. 

O presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, ressalta que essa expertise, única, é fator decisivo para a contratação da empresa para a realização de mais um serviço com foco na evolução da aviação regional. “É, nesse sentido, que a Infraero vem trabalhando para colaborar com o desenvolvimento dos aeroportos do interior do País”, acrescenta.