Programa mostra estrutura e curiosidades do Centro de Lançamento de Alcântara

Em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, o programa “Ciência É Tudo”, da TV Brasil, veio até o Maranhão para conhecer o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

O Brasil tem dois centros de lançamento de foguetes, um na Barreira do Inferno, a 12 quilômetros de Natal, no Rio Grande do Norte, e o de Alcântara, no Maranhão, a 32 quilômetros da capital São Luís. Com localização privilegiada, próximo à linha do Equador, o CLA foi inaugurado em 1983 e está em operação desde 1989. 

Neste episódio especial, a apresentadora Priscila Rangel e a cinegrafista Silvana Nietske mostram a estrutura do local que pode lançar foguetes, tripulados ou não, para colocar satélites na órbita da Terra, e ainda enviar astronautas em missões de pesquisa. 

O programa conta também como as atividades espaciais influenciam outros setores, como a Defesa, as Comunicações e a Meteorologia, e os desafios do Programa Espacial Brasileiro para colocar o CLA como elemento promissor no mercado espacial mundial. E ainda, a vida dos moradores da Agrovila Cajueiro, um povoado quilombola com aproximadamente 260 habitantes que é uma das sete agrovilas no interior do município de Alcântara que receberam famílias remanejadas na década de 1980 para dar espaço à construção do CLA.

O material conta também com uma conversa com Marcos Pontes, astronauta e ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, gravada nas torres de lançamento de foguetes.