Polícia Civil do Maranhão prende em Marabá (PA), foragido da justiça condenado por latrocínio

A Polícia Civil do Maranhão (PCMA) recapturou um homem conhecido como “Mimo”, pelo crime de latrocínio e o prendeu em flagrante por uso de documento falso, posse ilegal de munição e uso permitido e receptação, nesta quarta-feira (25).

De acordo com informações policiais, o suspeito é irmão de um outro homem foragido da justiça, condenado por latrocínio e dano qualificado, que foi preso em Imperatriz no último dia 21 de novembro. Após esta prisão, a polícia iniciou uma investigação para localizar seu irmão “Mimo”, que até então estava foragido. Durante a inspeção, foi constatado que ele estava residindo na cidade de Marabá, no Pará.

Em contato com a Polícia Civil do Pará, após repassadas as informações, uma equipe foi até a residência do suspeito que, ao perceber a chegada da polícia, tentou fugir e ainda resistiu à prisão.

Durante abordagem, o suspeito apresentou documentos falsos e após a equipe realizar uma busca em sua residência, foram encontradas munições de calibre .20 e .28, além de uma algema matrimoniada pertencente ao Sistema Penitenciário do Estado do Maranhão.

O preso havia sido condenado a 36 anos de prisão (pena unificada), pelo crime de latrocínio na cidade de Marabá, em 2008, crime que gerou grande comoção na cidade. Em razão desse e outros crimes, cumpriu mais de 10 anos de pena em regime fechado, progrediu ao regime semiaberto, em 29 de agosto do ano passado, e empreendeu fuga do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (CRAMA), no dia seguinte.

Diante da situação, “Mimo” foi recapturado e recebeu voz de prisão em flagrante, sendo conduzido à Delegacia de Polícia Civil da Cidade Nova, em Marabá, para os procedimentos cabíveis.