Featured Video Play Icon

Na cidade de Coroatá uma mulher desapareceu e a família suspeitava, após várias brigas e um relacionamento de idas e vindas, que o companheiro dela seria o responsável pelo desaparecimento.

Ela apareceu e disse que fugiu de casa para um povoado afastado da cidade após sofrer agressões do marido.  “Eu fugi para ele não me matar, porque ele estava me espancando”, disse a mulher.

Em entrevista ao repórter Pacheco Filho, da TV Difusora de Coroatá, o marido informou que não tinha notícias dela e disse que não cometeu nenhum crime. “Eu não vi quando ela saiu de casa, a gente discutia vez ou outra, mas não era direto. Ela já fugiu outra vez”, disse.