Receita Federal libera consulta a mais um lote residual de Imposto de Renda

Receita Federal abriu a consulta a mais um lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Desta vez, serão liberadas as restituições de 198.967 contribuintes, no total de R$ 399 milhões. O dinheiro será depositado no dia 30 de novembro.

Neste grupo, segundo o órgão, há contribuintes com prioridade de recebimento garantida por lei: são 3.559 idosos acima de 80 anos; 26.599 pessoas entre 60 e 79 anos; 2.924 cidadãos com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave; e 12.312 trabalhadores cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Ainda de acordo com a Receita Federal, foram contemplados também 153.573 contribuintes não prioritários que entregaram a prestação de contas ao Leão até 12 de novembro.

Como fazer a consulta

Para saber se teve a declaração liberada, basta acessar o site. Caso o contribuinte ainda não tenha a restituição disponível, é possível checar as insconsistências de dados encontradas durante o processamento por meio do Portal e-CAC, no serviço “Meu Imposto de Renda”. A partir daí, o interessado pode regularizar sua situação junto ao Fisco, com a entrega de uma declaração retificadora.

Se o dinheiro não estiver na conta no dia 30

No dia 30, caso o valor não seja creditado na conta indicada pelo contribuinte no ato da declaração anual, bastará procurar qualquer agência do Banco do Brasil (BB) ou ligar para a central de atendimento do banco, por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Neste caso, será possível agendar o crédito em conta-corrente ou caderneta de poupança, em seu nome do titular, em qualquer instituição financeira. Esse agendamento também pode ser feito pelo portal BB.

*Com informações do Extra Online