TJ Maranhão emite nota de repúdio e pesar pelo assassinato de João Alberto em supermercado

O Tribunal de Justiça do Maranhão emitiu nota neste sábado (21) manifestando repúdio e pesar pela morte de João Alberto Silveira Freitas, assassinato na última quinta-feira (19) por seguranças de um supermercado na cidade de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul.

Em nota, o TJMA afirmou que “Este crime, praticado na véspera do Dia Nacional da Consciência Negra, revela as características do racismo estrutural marcantes na sociedade brasileira, que tende a naturalizar a prática de atos de violências e discriminação contra a população negra”.

O órgão ainda reforçou em nota a necessidade de adoções de políticas institucionais que contribuam para a erradicação do racismo e demais formas de discriminação em todos os níveis sociais, corporativos e profissionais.