Featured Video Play Icon

A combinação entre álcool e direção é a principal causa por mortes de acidentes de trânsito no País e no Maranhão e muitos continuam insistindo nessa prática criminosa. Dados da Secretaria de Saúde, entre o período de janeiro a setembro foram registradas 1.193 mortes no trânsito, sendo 563 envolvendo motociclistas.

Segundo o presidente do Projeto SOS Vidas, Lourival da Cunha, apenas no início da pandemia esse número baixou consideravelmente, mas, logo após a flexibilização do Governo do Estado os registros subiram.

“Os acidentes com motociclistas tem variado, nos últimos anos, entre 47 a 52% da média de mortes nos acidentes de trânsito no Maranhão. Por isso, iniciamos uma campanha no sentido de educação no trânsito para os motociclistas. A educação traz um resultado a médio prazo e a forte fiscalização a curto prazo”, disse Lourival.