Quatro ocorrências de incêndio em apartamentos foram registradas em São Luís desde agosto

Os dois últimos casos aconteceram no espaço de 4 dias. No último dia 10 de novembro, um incêndio em um apartamento localizado na Ponta d’Areia assustou os moradores. Já no dia 14 deste mês, o incêndio foi registrado no bairro Angelim. Alguns cômodos ficaram completamente destruídos. As causas desses dois incêndios ainda estão sendo investigadas.

De acordo com o Major Felipe Anderson, chefe de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), uma perícia já foi realizada nos apartamentos e em até 30 dias, o laudo estará pronto para que todas providências sejam tomadas em relação ao que aconteceu nos locais.

De agosto até agora foram registrados 4 incêndios em São Luís. Todos em apartamentos. Ainda segundo o CBMMA, o motivo de tanta ocorrência está relacionado ao descuido com equipamentos eletrônicos, mas também à mudança de tempo.

“Quanto aos fatores para as ocorrências em um curto espaço de tempo, um que não devemos desconsiderar é que com o início das chuvas, as cargas de voltagem da rede elétrica costumam cair, e se configura como um elemento propício para ocasionar um incêndio”, afirma Felipe.

Até que o socorro chegue os moradores precisam cumprir um passo a passo da segurança que pode ser decisivo para salvar vidas. A manutenção predial é importante para a segurança dos condomínios.

O Corpo de Bombeiros orienta sobre os cuidados preventivos. “Todos devem seguir o plano de emergência do condomínio que consiste em desligar toda a energia do condomínio, não se deve utilizar em hipótese alguma, o elevador mesmo que esteja funcionando, e utilizar as escadas. Logo em seguida, devem se dirigir para o ponto de encontro onde será contabilizado as pessoas que estavam dentro do condomínio”, relata.

*Com informações de Bel Soares