Obras da Biblioteca Central da UFMA serão retomadas após 4 anos de paralisação

Na manhã da quinta-feira (12), o reitor Natalino Salgado vai assinar a ordem de serviço para a retomada das obras da nova Biblioteca Central, que estavam paralisadas há quatro anos. O ato será realizado no próprio prédio em construção da Biblioteca, próximo ao pórtico do Campus do Bacanga. As obras estão orçadas em R$ 5,5 milhões e têm prazo de conclusão de 12 meses.

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA), conta com 269.196 obras, entre e-books e impressos, registrados pela Diretoria Integrada de Bibliotecas (DIB), adicionados 19.139 novos livros que a Instituição vem recebendo ao longo deste ano, que estão em fase de catalogação e tombamento para então envio a todas 16 bibliotecas — nove no continente e sete na capital dos nove campus da Universidade.

O reitor ressalta a importância da retomada das obras da Biblioteca Central para o benefício da comunidade acadêmica e da sociedade maranhense. “Uma boa universidade tem que ter uma boa biblioteca, temos recursos humanos, um bom acervo e agora, na quinta-feira, assinarei a ordem de execução da retomada dessa obra, que estava abandonada já há quatro anos, mas vamos concluir e entregar para a comunidade”, assegurou Natalino Salgado.