Mulher suspeita de integrar facção criminosa é presa após quebrar tornozeleira eletrônica

Uma mulher cuja identidade não foi revelada foi presa em São Luís após romper a tornozeleira eletrônica que a polícia usava para localização via monitoramento. Segundo a polícia civil a mulher respondia em liberdade pelo crime de associação criminosa, mas teve sua prisão preventiva decretada após quebrar a tornozeleira eletrônica.

Durante a prisão foram encontrados com ela cadernos de anotações, balança da precisão e a tornozeleira que a suspeita havia quebrado. A mulher foi encaminhada a unidade penitenciária e deve aguardar o processo presa.