Plano vai garantir retomada de sistema eleitoral em caso de falta de energia no Maranhão

Um Plano Operacional Especial para as Eleições 2020 foi criado para garantir o fornecimento de energia elétrica e o restabelecimento do sistema, em caso de falta de energia, em pontos mapeados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), nos locais de votação e totalização das eleições. Desenvolvido pela Equatorial Maranhão, o plano é dividido em duas etapas.


Segundo a Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial, Francila Soares, o plano mostra as ações que a distribuidora vêm desenvolvendo. “O plano foi desenhado e colocado em basicamente duas grandes etapas. Uma contemplando as ações preventivas e de segurança nos locais de votação, e a segunda etapa contemplando as ações corretivas”, declarou.


AÇÕES PRÉ-ELEIÇÕES
O plano começou a ser posto em prática com ações de mapeamentos, manutenções preventivas e ações estratégicas de segurança nos locais de votação e totalização dos votos. O TRE-MA disponibilizou 31 Juntas Especiais e 109 Juntas em Cartórios, com os respectivos endereços e contas-contrato, para que fossem mapeados pela Equatorial Maranhão e inspecionados. A manutenção nos circuitos dessas juntas e cartórios foram realizadas.


AÇÕES NAS ELEIÇÕES
A segunda etapa corresponde às ações corretivas e de recomposição em casos de contingência no dia das eleições. Assim, o Maranhão estará menos sujeito a problemas de ordem técnica. Existem casos de situações intempestivas; como queimadas em baixo das redes de distribuição, acidentes em vias públicas e vandalismo, que também podem comprometer o fornecimento de energia elétrica.


Todas as ocorrências do sistema elétrico serão acompanhadas em tempo real, até o final da apuração dos votos no estado, no dia 15/11 (primeiro turno) e dia 29/11 (segundo turno), além do período da apuração dos votos. Além disso, a Central de Atendimento 116 também estará com número reforçado de atendentes e haverá, ainda, profissionais trabalhando em sobreaviso.