“Ponto de apoio da classe trabalhadora são os conselhos populares”, diz Hertz Dias em sabatina

O professor Hertz Dias, do PSTU foi o entrevistado dessa quinta feira na sabatina do Hora D. Ele é um dos candidatos a prefeitura de São Luís que têm a chamada chapa puro sangue, sem coligação com outros partidos.

Hertz afirma que caso seja eleito vai governar a cidade para os trabalhadores. A principal proposta de governo do candidato é a criação de conselhos populares.

“Os conselhos populares são os trabalhadores organizados a partir do local de moradia, de trabalho e de estudo assim que as aulas retomarem. Nós acreditamos que a Câmara Municipal é um ponto de apoio dos grupos mais poderosos de São Luís, então, é importante que a classe trabalhadora tenha seu ponto de apoio que são os conselhos populares. Sem isso é impossível implementar o programa emergencial que estamos apresentando para São Luís, então é a coluna vertebral do governo do PSTU”, afirma o candidato.

O candidato do PSTU já disputou cargos em outras eleições. Em 2010 concorreu ao governo do Maranhão, como vice na chapa de Marcos Silva. Já em 2018 foi candidato a vice-presidente do país na chapa da sergipana Vera Lucia.

Nas perguntas da apresentadora Keith Almeida, o candidato falou sobre orçamento e mobilidade urbana.

Quem encerra a semana de sabatinas do programa Hora D, é o candidato Eduardo Braide, do Podemos.