MPT-MA integra campanha contra o trabalho infantil em cemitérios

Em razão do Dia de Finados, celebrado neste 2 de novembro, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) e instituições parceiras realizam campanha educativa de combate ao trabalho infantil em cemitérios da Região Metropolitana de São Luís.

Outdoors foram instalados em pontos estratégicos e dezenas de busdoors circulam pelos quatro municípios da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa). Todo o material de divulgação foi produzido com recursos provenientes de acordos celebrados por empresas e o MPT-MA. A arte da campanha é assinada pela artista Aída Lima e tem como título: “Crianças trabalhando em cemitérios”.

De acordo com a procuradora do Trabalho Andrea Gondim, que integra a Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) e é gestora do Projeto Liberdade no Ar, a campanha visa conscientizar a população sobre os prejuízos causados pelo trabalho precoce na vida de crianças e adolescentes.

“O trabalho infantil em cemitérios é uma das piores formas de trabalho infantil. A sociedade deve se juntar a nós no combate à esta prática”, destaca Gondim. A procuradora ainda destinou recursos oriundos de termo de ajustamento de conduta (TAC) para confecção dos outdoors.

Em 2019, ações fiscais nos cemitérios não registraram nenhum caso de trabalho infanto-juvenil em cemitérios da Grande Ilha. A meta é manter a erradicação em 2020.

Além da procuradora do Trabalho Andrea Gondim, a campanha conta com a participação da procuradora titular da Coordinfância no MPT-MA, Virgínia de Azevedo Neves, responsável pelo acordo que permitiu a confecção dos busdoors.