Candidatos a prefeito de São Luís já gastaram mais de R$ 5,5 milhões em campanha, aponta TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o relatório parcial de doações e gastos feitos pelos candidatos a vereador e prefeito em todo o Brasil. Em São Luís, os candidatos à prefeitura de São Luís receberam juntos mais de 8 milhões de reais em doações para a investir na campanha eleitoral deste ano. Ainda segundo o TSE foram gastos no total R$ 5.562.563,3 em campanha em São Luís até o momento.

O Portal MA 10 fez um balanço do que foi recebido e gasto por cada candidato a prefeito de São Luís, confira.

Bira do Pindaré (PSB)

O candidato Bira do Pindaré (PSB) recebeu R$ 1.454.040,62 em doações para sua campanha eleitoral, desse valor R$ 1.427,040,62 foram da direção nacional do Partido Socialista Brasileiro, isso corresponde a 98,14% do valor das doações realizadas a candidatura de Bira do Pindaré.

Até o momento o candidato gastou R$ 493.379,50 desde o início da campanha, quase 60% dos recursos da campanha, até o momento, foram destinados a:

Cessão e/ou locação de veículos (22,18%) – R$ 109.435,00;

Produção de programas de rádio e televisão (20,50%) – R$ 101.160,00;

E publicidade por materiais impressos (16,20%) – R$ 79.942,00.

Duarte Jr (Republicanos)

O candidato à prefeitura de São Luís, Duarte Jr (Republicanos), recebeu a doação de R$ 1.327.800,00, desse valor R$ 1.320.000,00 (99,41%) foram do partido na qual o candidato faz parte, o Republicanos. As doações de pessoas físicas estão orçadas no valor de R$7.800,00 (0,57%).

De acordo com o relatório de prestação de contas do Tribunal Superior Eleitoral, o candidato Duarte Jr já gastou aproximadamente um milhão e meio de reais desde o início da campanha. Atualmente os gastos com a campanha foram de R$ 1.437.596,03. Os principais produtos na qual esse valor foi destinado são:

Produção de programas de rádio e televisão (70,74%) – R$ 1.017.000,00;

E atividades de militância e mobilização de rua (7.550%) – R$ 108.536,00.

Eduardo Braide (Podemos)

O candidato Eduardo Braide, da coligação Podemos, recebeu doações de R$ 1.330.000,00. A coligação realizou a doação de R$ 1.030.000,00, enquanto o Partido Social Democrático realizou a doação de R$ 300.000,00. Não há registrou de doações de pessoa física.

Eduardo Braide já gastou R$ 889.655,55 em toda a campanha até o momento, segundo o TSE o candidato investiu mais em:

Despesas com pessoal (20,18%) – R$ 179.500,00;

Serviços prestados por terceiros (17,53%) – R$ 156.000,00;

E produção de programas de rádio e televisão (16,52%) – R$ 147.000,00.

Hertz Dias (PSTU)

O candidato Hertz Dias (PSTU) recebeu R$ 16.100,00 em doações para a campanha das eleições municipais deste ano. 99,38% das doações foram realizadas pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (R$ 16.000,00), e 0,62% foi realizado por pessoa física (R$ 100,00).

Até o momento o candidato investiu R$ 24.450,00 em campanha, nos seguintes produtos:

Publicidade por materiais impressos (59,10%) – R$ 14.450,00;

E serviços adicionais (16,36%) – R$ 4.000,00.

Jeisael (Sustentabilidade)

O candidato Jeisael Marx, da Rede Sustentabilidade, recebeu o total de R$ 130.745,00 para auxiliar nos gastos da disputa pelo cargo de prefeito de São Luís. Desse valor 98,47% (R$ 130.475,00) foi doado pela Rede Sustentabilidade, o candidato também realizou uma doação com seus próprios recursos financeiros no valor de R$ 2.000,00.

Os gastos realizados até o momento totalizam R$ 94.677,85. Dentre os produtos que estão no topo do ranking de gastos do candidato estão:

Serviços prestados por terceiros (37.79%) – R$35.778,70;

Produção de jingles, vinhetas e slogans (15.84%) – R$15.000,00;

E publicidade por carros de som (12.67%) – R$12.000,00.

Neto Evangelista (DEM)

Neto Evangelista, do Democratas, recebeu o valor de R$ 2.920.000,00 em doações para campanha deste ano. De acordo com o relatório de prestação de contas do TSE, as doações feitas ao candidato foram 100% de partidos, fizeram doações o Democratas – R$1.900.000,00, o Partido Social Liberal R$600.000,00 e o Partido Democrático Trabalhista R$420.000,00.

Os gastos com a campanha chegam ao total de R$ 1.194.957,06, distribuídos em

Serviços advocatícios (28.45%) – R$340.000,00;

Produção de programas de rádio, televisão (22.54%) – R$269.339,23;

E publicidade por materiais impressos (21.15%) – R$252.690,00 e outros.

Franklin Douglas (PSOL)

Franklin Douglas, do Partido Socialismo e Liberdade, recebeu o total de R$ 147.857,14 em doações para investir na campanha eleitoral municipal deste ano. 97.97% foi doado pelo partido (R$144.857,14) e 2.03% vieram de recursos pessoais (R$ 3.000,00).

Foram gastos R$54.382,63 até a presente data, segundo o TSE. Os principais produtos investido na campanha do candidato são:

Produção de programas de rádio, televisão (50.38%) – R$27.400,00;

Publicidade por materiais impressos (23.61%) – R$12.840,00;

E criação e inclusão de páginas na internet (18.39%).

Rubens Jr (PCdoB)

O candidato do Partido Comunista do Brasil, Rubens Jr, recebeu doações no total de R$ 692.236,00 para investir na sua candidatura à prefeitura de São Luís. 92.78% das doações foram realizadas por partidos (R$642.236,00), 5.78% por pessoa física (R$40.000,00) e  1.44% foram de recursos próprios de Rubens Jr.

Atualmente o candidato Rubens Jr já investiu R$ 1.145.898,45 em campanha, dentre os gastos estão:

Produção de programas de rádio, televisão (58.64%) – R$672.000,00;

Atividades de militância e mobilização de rua (22.98%) – R$263.375,00;

e eventos de promoção da candidatura (4.163%) – R$47.700,00.

Silvio Antônio (PRTB)

Silvio Antônio, do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro, recebeu R$ 34.105,00. Desse total 87.96% das doações saíram do bolso do candidato, cerca de R$30.000,00. 12.04% foram de doações feitas via pessoa física (R$4.105,00). Não há registro de doações do fundo partidário.

Silvio Antônio gastou até o momento R$ 18.968,58, dentre os produtos mais investidos na campanha estão:

Publicidade por adesivos (51.42%) – R$9.754,48;

Serviços prestados por terceiros (21.88%) – R$4.150,0;

E combustíveis (10.54%) – R$2.000,00.

Yglésio Moyses (PROS)

O candidato do Partido Republicano da Ordem Social, Yglésio Moyses, recebeu o total de R$ 167.500,00 em doações para investir na disputa eleitoral deste ano.  84.48% desses recursos foram doados pelo próprio Yglésio Moyses (R$141.500,00). R$26.000,00 foram doados como pessoa física (15,52%).

Foram gastos até o momento o total de R$ 208.597,65. Dentre os investimentos realizados estão:

Serviços prestados por terceiros (53.85%) – R$112.320,00;

Despesa com Impulsionamento de Conteúdos (33.70%) – R$70.300,00

E combustíveis (4.794%) – R$10.000,00.

Mais detalhes sobre os gastos e doações recebidas pelos candidatos você pode conferir no site DivulgaCand.