Mãe e filho são preso após latrocínio em Zé Doca

Uma dupla foi presa na manhã desta sexta-feira (30), no bairro Maracanã, em São Luís, sob suspeita de envolvimento na morte de um idoso no município de Zé Doca, cidade a 311 quilômetros de distância da capital. O crime aconteceu no dia 14 de outubro, vitimando Edmilson Monteiro da Silva, de 64 anos, morto em sua própria residência.

De acordo com as investigações, a dupla, que seriam mãe e filho, invadiu a casa de Edmilson Silva e o atingiu a golpes de faca. Após o homicídio foram levados da casa o cartão bancário da vítima com a senha de acesso a conta. A 8ª Delegacia Regional de Zé Doca ainda está levantando informações se algo a mais foi levado do local.

Os suspeitos são naturais do município de Monção (MA) e moram em São Luís, eles teriam ido à Zé Doca passar temporada. O homem, de 36 anos, teria sido contratado pelo idoso Edmilson Silva para uma manutenção na casa.

Segundo as investigações as facas usadas no homicídio, bem como folhas de ervas, foram encontradas no formato de cruz. Ao ser questionado sobre a razão do ocorrido “costuma colocar os objetos assim, pois é a espada de São Jorge, pois é devoto”, afirmou aos investigadores. A mulher, de 59, que é mãe do suspeito também participou do latrocínio.

A 8ª Delegacia Regional de Zé Doca (MA) cumpriu dois mandados de prisão contra a dupla, o homem já possuía um mandado de prisão definitiva em aberto por roubo.