Jovem é preso com diploma falso de medicina comprado por R$ 50 mil em SP

Um jovem de 26 anos foi preso nesta quinta-feira (29) após tentar se registrar no Conselho Regional de Medicina (CRM-MA), em São Luís. A denúncia foi feita à polícia pela própria entidade.

Segundo as investigações do 9° Distrito Policial (São Francisco), ele teria se formado em medicina na Bolívia e comprado um diploma pelo valor de R$ 50 mil reais com uma pessoa ligada a uma faculdade localizada no estado de São Paulo. Segundo o presidente do CRM-MA, Abdon Murad, o homem foi até a sede do Conselho nesta quarta-feira para entrar com o pedido.

A direção da instituição desconfiou da procedência do documento, entrou em contato com a instituição de ensino a que o documento fazia referência e, então, acionou a polícia. Ao retornar na quinta-feira para dar prosseguimento com o registro, ele foi abordado por equipe do 9°DP e encaminhado para a delegacia.

Não há informações se o conduzido já havia tentado efetuar registro junto a outro Conselho Regional pelo país. À polícia, o homem informou que tem como provar que fez a transferência de R$ 50 mil à pessoa ligada à faculdade. O presidente do CRM-MA também esteve na delegacia para dar mais detalhes sobre a denúncia.

De acordo com informações da Polícia Civil, o homem será autuado por crime de falsificação de documento e será encaminhado para o Centro de Triagem do Complexo Penitenciário São Luís.