Homens que compravam votos no interior do estado são presos em flagrante

A Polícia Civil prendeu três homens suspeitos de comprar votos no município de Itaipava do Grajaú, a 580 quilômetros da capital maranhense.

De acordo com a polícia os homens atuavam no povoado de “Pintada”, zona rural do município, onde ofereciam dinheiro em troca dos votos dos moradores da região. Conforme informações de denúncias, a polícia se deslocou nesta segunda-feira (26) ao local indicado, onde abordaram um veículo com uma alta quantia em dinheiro.

Os três ocupantes do veículo, foram conduzidos para a delegacia de Grajaú, local onde um dos suspeitos foi flagrado tentando esconder dentro de um cone, no pátio do Distrito Policial, mais uma quantia em dinheiro.

Questionados a respeito da origem dos recursos, os três suspeitos não souberam explicar ou justificar o fato de trazerem consigo elevada quantia em espécie, nem a tentativa de dispensar o valor dentro do cone. Diante do valor aprendido e das denúncias de compra de votos, inclusive na localidade onde os suspeitos foram presos, foram reforçados os indícios de compra de votos.

Os três homens foram autuados em flagrante com base no Artigo 299 do Código Eleitoral, que caracteriza o crime de compra de votos, que é um crime afiançável. Após o pagamento de fiança, os três homens passam a responder pelo delito em liberdade.