Homem suspeito de agredir criança de 5 anos com cinto é preso em Imperatriz

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil pelo crime de maus tratos contra uma criança de 5 anos de cidade na cidade de Imperatriz, região sul do estado.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito é companheiro da avó do menor que o agrediu violentamente com cinto, alegando correção, pois segundo ele a criança estava muito “mal criado”. No momento das agressões, o menor saiu correndo de casa, implorando ajuda dos vizinhos. Foi quando um morador próximo entrou em contato com a Polícia Civil solicitando ajuda.

Na residência, os policiais contataram os maus tratos. A criança que estava assustada e chorando, possuía marcas de agressões pelo corpo, principalmente costas e ombros. O agressor confirmou que bateu na criança, somente como forma de correção.

A criança de 5 anos não tem parentes próximos. A mãe é falecida e não possui pai registrado na certidão de nascimento, estando aos cuidados da avó, que é deficiente física e mental. O Conselho Tutelar levou o menino para um lar provisório. O autuado em flagrante foi encaminhado para a Unidade Prisional de Imperatriz, a disposição da justiça.

A prisão foi executada nesta quinta-feira (22) por policiais civis do Grupo de Pronto Emprego (GPE) lotados na 10ª Delegacia Regional de Imperatriz.