Operação cumpre quase 30 mandados contra suspeitos de ordenar crimes dos presídios

Quase 30 mandados de prisão preventiva estão sendo cumpridos nesta sexta-feira (16) em Timon, no Maranhão, Mossoró-RN e cidades do Piauí, entre elas Teresina. A ação policial, coordenada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), tenta a captura de suspeitos que ordenariam crimes de dentro dos presídios. O assunto será repercutido no programa Hora D, apresentado pela jornalista Keith Almeida, na TV Difusora.

“Visamos suspeitos já inseridos no sistema prisional que emitiam ordens para cometimento de crimes, pessoas que estavam em liberdade e foram presas pela prática de crimes ocorridos durante as investigações e pessoas que executavam ordens oriundas de pessoas presas”, explicou o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco. 

Entre os crimes apurados na investigação da operação Contraordem estão a decapitação de duas pessoas, ocorridas neste ano na zona norte de Teresina. No interior do Piauí, os mandados estão sendo cumpridos em Floriano, Campo Maior e São João do Piauí. No momento, 23 alvos que teriam ligação com facções criminosas foram presos.

A operação conta com o apoio do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), Polinter, Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre),  3°, 8º e 22° distritos policiais em Teresina. Com informações do Cidade Verde.