PM de Colinas está entre presos que planejavam sequestro de funcionário de banco

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), por meio do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF), prendeu três pessoas nesta quarta-feira (14) suspeitas de integrar facção criminosa com atuação em todo o Maranhão.

Dentre os capturados está um policial militar suspeito de planejar o sequestro de um funcionário de uma agência do Banco do Brasil – crime conhecido como Sapatinho -, uma mulher que iria intermediar a troca de informações entre o policial e membros da facção custodiados no Complexo Prisional em São Luís, além de um dos líderes de facção.

As prisões ocorreram na cidade de Colinas, a 437 quilômetros da capital maranhense, e Marabá/PA, com apoio da Polícia Civil do Pará, por meio da Delegacia de Polícia de São Domingos do Araguaia. O policial seria lotado na Polícia Militar do Maranhão em Colinas.

Após o cumprimento dos mandados de prisão, expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de São Luís, todos os suspeitos foram encaminhados para as respectivas unidades prisionais, onde permanecerão à disposição da justiça.