“Existe um suspeito”, afirma SHPP sobre latrocínio de funcionário da OAB-MA

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) segue com a investigação da morte do funcionário da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão (OAB-MA). Zacarias Ferreira Cardoso, de 55 anos, foi assassinado no último fim de semana. O servidor da OAB chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao disparo.

De acordo com o delegado Felipe César, a Polícia trabalha com o indício de latrocínio, roubo seguido de morte, segundo constam em relatos de testemunhas e registros de câmeras de segurança.

“Eram algumas pessoas que estavam numa mercearia. Foram roubados dois aparelhos de celular, tanto da vítima, do Zacarias, bem como de um amigo que estava no local”, afirmou o delegado.

O delegado Felipe César afirmou que houve um desentendimento entre as vítimas do roubo e o suspeito. Para revidar às investidas das vítimas, o suspeito atirou uma vez contra Zacarias Cardoso que, mesmo recebendo atendimento médico, não resistiu ao ferimento. Ainda segundo a SHPP, existe um suspeito, mas ainda não há nada confirmado.

Confira o relato do delegado Felipe César sobre o assunto:

Zacarias Cardoso foi enterrado no município de Buriti de Inácia Vaz, no interior do Maranhão.