PM suspeito de estuprar e engravidar menina de 12 anos é transferido para São Luís

O policial militar da reserva que foi preso suspeito de estuprar uma menina de 12 anos no município de Chapadinha, já foi transferido para São Luís. A informação foi confirmada pela delegacia Regional de Chapadinha. A Delegacia Especial da Mulher (DEM) do município comanda as investigações.

De acordo com informações policiais, a vítima está no quinto mês de gestação e contou à Polícia Civil sobre os abusos sofridos, após a mãe perceber que a jovem estava grávida.

Ainda segundo as investigações, o Policial militar era conhecido da família, pois era patrão do padrasto da menina, e tinha fácil acesso à casa da família.

As investigações também apontam que o suspeito abusava da vítima no povoado Centro da Água Branca, zona rural de Chapadinha. Durante depoimento, ele negou todas as acusações.

A criança está com a família e está recebendo acompanhamento do Conselho Tutelar da cidade. A Polícia Civil segue investigando o caso.