Homem que matou mulher na frente da filha é condenado a mais de 20 anos de prisão

O maranhense José de Ribamar Gomes de Jesus foi condenado, nesta quinta-feira, a 25 anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo assassinato de Maria Francisca dos Santos de Sousa, ocorrido em fevereiro do ano passado na cidade de Pio XII.

Segundo o Ministério Público, o crime aconteceu no dia 23 de fevereiro do ano passado, por volta das 20h, na travessa Pernambuco, Vila Santana, no município de Pio XII. O acusado disparou dois tiros contra vítima. A filha de Francisca Sousa presenciou todo o crime.

O júri reconheceu duas qualificadoras: motivo fútil e utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. A Justiça negou a possibilidade do condenado de recorrer em liberdade. José de Ribamar Gomes está preso desde a época em que cometeu o assassinato.

Defendeu a tese do Ministério Público do Maranhão a promotora de justiça Fabiana Santalucia Fernandes. Proferiu a sentença o juiz Felipe Soares Damous. Atuou como advogado de defesa Bismarck Morais Salazar.