Polícia desarticula quadrilha que facilitava entrada de drogas e celulares em presídios de São Luís

Uma operação da Polícia Civil deflagrada na última terça-feira (6), deu cumprimento a 9 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão em combate ao crime organizado na capital maranhense. Três presos já se encontram custodiados no Complexo Penitenciário.

De acordo com informações policiais, a operação tinha o objetivo de desarticular uma associação criminosa que facilitava a entrada drogas e aparelhos celulares no sistema prisional de São Luís, e contava, inclusive, com a participação de servidores públicos. Na operação foi presa uma policial penal e um ex-auxiliar penitenciário.

Uma agente penitenciária concursada foi presa durante operação. Segundo as investigações, a agente facilitava a entrada de celulares e drogas no sistema prisional há um ano.

Dois dos presos eram servidores temporários e os outros seriam membros de facções criminosas que atuam no estado.

Durante a operação, foram apreendidas duas armas de fogo, munições e vasta quantidade de droga. Os presos foram encaminhados ao complexo prisional São Luís onde ficarão à disposição da justiça.

A operação coordenada pela Polícia Civil que foi batizada de “Hémera”, ainda conseguiu prender duas pessoas em flagrante.