Featured Video Play Icon

O secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, afirmou que não haverá a retomada das aulas presenciais em escolas da rede estadual de ensino do Maranhão neste ano, devido a pandemia da Covid-19. Com a decisão cerca de 300 mil alunos matriculados na rede estadual devem continuar tendo aula de forma remota.

Por meio de nota, o Governo do Estado afirmou que continuará investido em ações e que o maior desafio neste momento será a preparação das escolas para receber os alunos em 2021.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que não há previsão para o retorno das aulas presenciais na rede pública estadual, neste ano. Desta forma, a Secretaria segue com aulas não presenciais, investindo em ações que viabilizem o acesso às atividades remotas por parte dos estudantes, e planejando o ensino híbrido para o ano letivo de 2021.


De acordo com o secretário, três pesquisas com as comunidades escolares foram feitas e revelaram que pais, professores e alunos não se sentem seguros a voltar para as salas de aula. O secretário acrescenta que não há uma previsão de retorno q que ao que tudo indica, o ano letivo de 2020 será concluído de maneira remota.

“É importante que os estudantes tenham em mente que não serão aprovados automaticamente, nem tampouco haverá uma reprovação em massa. Os estudantes serão avaliados no processo e os que obtiverem nota irão passar de ano”, afirmou o secretário.

Felipe Camarão afirmou ainda que todas as medidas sanitárias estão sendo tomadas para o retorno das aulas de forma híbrida ano que vem. As aulas já foram suspensas 6 vezes desde o início da pandemia.

A rede municipal de ensino também segue sem previsão para a retomada das aulas. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), uma data só poderá ser estabelecida diante do cenário da pandemia e também das orientações das autoridades sanitárias.

Até o momento, apenas as escolas da rede privada do Maranhão iniciaram as aulas.