Inquérito para apurar acidente em supermercado será instaurado pelo MPT-MA

O Ministério Público do Trabalho do Maranhão (MPT-MA), por meio de nota, afirmou que vai instaurar um inquérito civil para apurar as causas do acidente ocorrido nesta sexta-feira, em uma rede de supermercados, na avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro do Vinhais, em São Luís.

De acordo com o órgão, uma inspeção rigorosa quanto ao cumprimento das normas de saúde e segurança para que não ocorram outros acidentes será realizada. Confira a nota na íntegra:

Sobre o acidente ocorrido na noite de sexta-feira (2), no Mix Mateus Atacarejo, no bairro Vinhais, em São Luís, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informa que irá instaurar inquérito civil para apurar as causas.

O órgão ministerial ressalta que envidará esforços para que ocorra o cumprimento rigoroso das normas de saúde e segurança de trabalho a fim de evitar novos acidentes.

O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um meio ambiente de trabalho seguro e saudável.

O Ministério Público do Estado (MP-MA), também se manifestou sobre o ocorrido:

O Ministério Público do Estado (MP-MA) por meio da Promotoria de Defesa do Consumidor, instaurará um inquérito civil público para investigar o acidente de consumo, ocorrido no Supermercado Mateus, no Vinhais, nesta sexta-feira (2.10.2020). A Delegacia do Consumidor investigará o aspecto criminal do acidente.

O MP-MA manifesta solidariedade à família da funcionária Elane Rodrigues, que morreu na noite desta sexta-feira no cumprimento de seu trabalho, e às pessoas feridas em decorrência do acidente.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), o acidente deixou uma pessoa morta, uma funcionária do supermercado identificada como Elane de Oliveira Rodrigues. Ela tinha 21 anos e era paraense. Outras oito pessoas ficaram feridas após o acidente.

Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (SES), três dos oito feridos no acidente , já receberam alta médica. Assim que resgatados pelo Corpo de Bombeiros Militar, seis dos feridos foram encaminhados para os hospitais Djalma Marques (Socorrão 1) e Clementino Moura (Socorrão 2). Duas pessoas feridas foram em veículos próprios. Entre os oito feridos estão: sete clientes e um funcionário. As buscas foram encerradas no início da manhã deste domingo (3).

O desabamento das prateleiras de aproximadamente 10 metros de altura aconteceu por volta das 20h, quando o supermercado ainda estava em funcionamento. Em um efeito dominó, cinco prateleiras caíram sobre os clientes e funcionários. Vídeos da câmera de segurança da local, registraram o momento exato do acidente.