Presos suspeitos de invasão a residência de homem apontado como autor de estupro de vulnerável

Quatro armas foram apreendidas pelo 25° Batalhão de Polícia Militar, na região de Cururupu, durante operação próximo ao porto marítimo do Pindobal. Foram recolhidos dois revólveres calibre 38, uma espingarda do tipo bate-bucha com pólvora e chumbo, além de uma arma de fabricação caseira sem munições.

A PM teria recebido denúncias de que cinco suspeitos estariam aterrorizando a ilha de São Lucas, que faz parte de Cururupu, cidade a 465 quilômetros de São Luís. Segundo populares, eles estariam tentando matar um suspeito de estupro de vulnerável e teriam invadido a casa do suposto autor.

Diante disso, a polícia seguiu até o Porto de Pindobal após realizarem a prática criminosa. Houve o cerco da região e, ao se aproximarem de um barco do tipo motor de rabeta com vários pertences roubados, o bando reagiu com disparos contra as guarnições. Três homens foram capturados e outros dois conhecidos como Dodoca e Pepé fugiram pelo manguezal.

Com Caio Vinicius Silva Santos, Jonathan Pontes e Tedson Costa Machado, além das armas, foram apreendidas máscaras, celulares, televisores, fogão, caixa térmica, botijão de gás e outros pertences.

O trio preso foi encaminhado na Delegacia Regional de Cururupu, sem lesões corporais e com o uso de algemas devido resistência. Um deles vinha sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, que estava desligada.