Terceiro suspeito envolvido no assassinato de PM é morto em confronto com a polícia

Nesta segunda-feira (28), o terceiro suspeito de envolvimento no assassinato do policial militar Ricardo Sousa Pinheiro, no último dia 24, durante uma tentativa de assalto no bairro Ipem São Cristóvão, em São Luís, morreu durante confronto com a polícia em Peri Mirim, na baixada maranhense.

De acordo com a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), informações repassadas ao serviço de Inteligência da PM confirmavam que o suspeito estava estava escondido em um povoado do município.

Ao se deslocarem para realizar a prisão, os policiais foram recebidos por disparos de arma de fogo e revidaram a ação, atingindo o suspeito, que foi encaminhado ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Com ele, a polícia apreendeu um aparelho celular e um revólver.

Outros dois suspeitos de envolvimento no crime também já haviam morrido. O primeiro ainda durante a tentativa de assalto contra o PM Ricardo Sousa. O segundo suspeito de envolvimento na morte do policial militar morreu em confronto com a polícia. De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito de 21 anos, morreu no bairro Cidade Olímpica, por volta de 1h da madrugada da última sexta-feira (25).

O caso

Um tiroteio aconteceu na rua 39 do bairro Ipem São Cristóvão e, devido a ação, tanto o assaltante como o policial militar, acabaram morrendo.

O soldado Ricardo Sousa Pinheiro teria reagido ao assalto e, na troca de tiros, foi atingido. Ele chegou a ser socorrido, mas já deu entrada no hospital Clementino Moura (Socorrão 2) sem vida. O PM estava de folga, ele morava na região onde o crime aconteceu.