Ganso testa positivo e Fluminense chega a 10 jogadores infectados pela covid-19

 

Depois de vários jogadores contraírem o novo coronavírus, o meia Paulo Henrique Ganso foi mais um a testar positivo para a covid-19 no Fluminense. Em suas redes sociais e no site oficial, o clube carioca revelou nesta quarta-feira a informação, depois que atletas do elenco foram submetidos ao teste RT-PCR após a vitória diante do Coritiba, na última segunda, pelo Campeonato Brasileiro.

“INFORMAÇÃO: O meia Paulo Henrique Ganso testou positivo para a Covid-19. Os jogadores foram submetidos ao teste após a vitória contra o Coritiba. O atleta já está isolado e cumprindo a quarentena”, escreveu o Fluminense em sua conta no Twitter.

Este é o 10.º caso entre atletas do elenco principal e do sub-23 no Fluminense. Antes do meia, já haviam sido acometidos pela covid-19 os seguintes jogadores: o lateral-direito Calegari, o zagueiro Luccas Claro, o meia Miguel e os atacantes Luiz Henrique e Marcos Paulo. Os atletas André, Luan, Martinelli e Nascimento, do sub-23 e que também compõe o grupo do técnico Odair Hellmann, foram outros a testar positivamente para a doença.

De acordo com o protocolo da CBF, cada jogador precisa ficar pelo menos 10 dias assintomático até ser liberado novamente para atuar no Brasileirão.

O próximo compromisso do Fluminense é o clássico contra o Botafogo, neste domingo. As equipes se enfrentam no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 13.ª rodada do Brasileirão. Três dias depois, o time tricolor encara o Goiás, em Goiânia.