São Luís registra mais de 550 casos de violência contra idosos em 2020

Entre os meses de janeiro a setembro de 2020, a capital maranhense registrou 554 casos de violência contra pessoas idosas. As informações foram divulgadas pela Defensoria Pública do Maranhão (DPE/MA).

De acordo com os dados, os abusos mais comuns registrados são negligência, violência psicológica e abuso financeiro. Ainda segundo informou a DPE-MA, os bairros com maior incidência de denúncias de violência são Centro (21 casos), Cidade Operária (14 casos), Cohatrac e Coroadinho ambos com 11 casos.

Ainda segundo levantamento feito pelo órgão, entre os registros mais comuns dispara os atendimentos quanto a orientações sobre os casos de violência, com 147 atendimentos, o que representa 27%. Quanto aos tipos de violência mais denunciadas entre os nove meses do ano de 2020, foram apontados:

  • Negligência – 22%
  • Violência Psicológica – 20%
  • Abuso Financeiro – 17%
  • Abandono – 06%
  • Auto Negligência – 04%
  • Violência Física – 03%

Comparativo

Fazendo um comparativo com o levantamento da Defensoria entre os meses de janeiro e outubro de ano passado, os dados são bem mais alarmantes. Segundo informações do órgão, 1.498 casos de violência contra idosos foram registrados.

Os tipos de violências mais recorrentes denunciadas foram: Negligência; Abuso financeiro e Violência Psicológica. Quanto aos bairros, Centro, Anjo da Guarda, Cidade Operária, Maracanã e Vila Palmeira lideraram o ranking quanto ao número de ocorrências.

Denúncias

As situações de violência registradas pela DPE-MA são atendidas pelo Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência a Contra a Pessoa Idosa (Ciapvi) em parceria com a rede de defesa e proteção dos direitos da pessoa idosa no maranhão (RENADI–MA).

As denúncias podem ser feitas através do:

  • Disque 129
  • Plantões: 9 9241-9913
  • 99241-9770 (área cível)
  • 9 9242-1930 (área criminal)