Dívida em jogo de baralho pode ter motivado esquartejamento em Coroatá

Foi preso nesta segunda-feira (28) um homem identificado como Jhonatan, de 21 anos. Ele confessou ter matado e esquartejado o jovem Alan Vieira na cidade de Coroatá, a 260 quilômetros da capital maranhense. Partes do corpo da vítima, mãos e pernas, foram encontradas no bairro Areal.

A polícia começou a investigar o suspeito, que seria conhecido de Alan, após ambos terem sido vistos juntos no dia anterior ao crime. Depois de ser preso, Jhonatan afirmou ter esquartejado o corpo para tentar dificultar a localização. Ele teria cometido o homicídio por estar devendo dinheiro à vítima acumulado em jogo de baralho.


Jhonatan levou a polícia até o corpo de Alan, que foi abandonado dentro de um saco em uma área de matagal. A Polícia Civil segue investigando o caso. Do blog Coroatá Online.