Maranhão: 84% das mortes por Covid-19 tiveram agravos devido comorbidades

Desde março quando foi decretada pandemia por coronavírus no Brasil milhares de pessoas foram contaminadas ou vítimas da doenças. No Maranhão o cenário não é diferente. Segundo a última atualização do boletim epidemiológico fornecido pela Secretaria de Estado da Saúde, 84% dos casos de mortes por coronavírus foram agravados devido comorbidades, isso corresponde a 3.116 óbitos.

Pacientes com doenças nos pulmões (63), pacientes oncológicos (131), pessoas obesas (153), pessoas com doenças renais crônicas (212) ou neurológicas (207), além de cadiopatas (456), hipertensos (2.009) e pessoas diagnosticadas com diabetes mellitus (1.416) são os destaques na listas de comorbidades que agravaram a doença.

Até o momento o Maranhão registra 170.186 casos confirmados da doença, 5.425 estão ativos, 3.693 óbitos e 161.068 recuperados. Em São Luís foram registrados 98 novos casos, em Imperatriz 28 e nas demais localidades foram notificados 369 novos casos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.