Maranhão é o 6º colocado do país no ranking de queimadas em 2020, segundo o INPE

O incêndio que aconteceu na região da Avenida Litorânea, no Calhau, em São Luís, tem chamado atenção para os altos índices de queimadas no Estado, levando o Maranhão ao 6º lugar no ranking de queimadas em 2020 no país, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

O mês de julho apresentou o maior aumento em relação ao ano passado. Ainda de acordo com o INPE, os maiores números de focos dos incêndios foram registrados nas cidades de Mirador, Fernando Falcão e Tutoia.

Segundo o Corpo de Bombeiros do Maranhoa (CBMA), um trabalho específico é desenvolvido especialmente nos meses de agosto, setembro e outubro, época de maior incidência.

O coordenador do Núcleo Geoambiental da Uema, Gunter Reschke, também explica que alguns fatores do clima acabam contribuindo, mas que apesar disso, tudo está dentro do normal para o período. “O ano com as temperaturas mais altas registradas pelo núcleo, no Maranhão, foi em 2012. A expectativa é de que só volte a chover em algumas regiões do Estado em dezembro”, explicou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.