Maranhão tem aumento de 13,7% nos casos de indígenas infectados por COVID em 30 dias

O número de indígenas infectados por coronavírus no Maranhão cresceu 13,7% no último mês. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), até o dia 23 de agosto deste ano foram registrados 979 casos confirmados da doença em indígenas. Até a mesma data, 27 índios tinham morrido vítimas da COVID-19.

Já o último boletim epidemiológico divulgado pela SES, desta quarta-feira (23), 1.114 índios foram diagnosticados com coronavírus. A quantidade de mortos cresceu e, até agora, 30 indígenas morreram em decorrência e complicações da doença.

Os dados atualizados informam que o Maranhão possui 169.690 casos confirmados desde o início da pandemia. Além disso, foram notificadas 3.683 mortes, 160.328 pessoas estão recuperadas e 5.335 pessoas estão em isolamento domiciliar. Em São Luís foram registrados 85 novos casos, já em Imperatriz e demais regiões foram contabilizados, respectivamente, 18 e 674 novos casos.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil registrou nas últimas 24 horas foram registradas 869 novas mortes em decorrência do novo coronavírus. Além disso foram notificados 33.281 casos da doença e 138.977 mortes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.