Featured Video Play Icon

Na cidade de Caxias, região dos cocais, a polícia investiga se uma ossada encontrada no fim de semana é de um cantor desaparecido há quase dois anos. Este é o segundo caso, na região, em menos de um mês.

Raimundo Oliveira Gaído, o Gaído Forrozeiro, sumiu em 16 de outubro de 2018. Após exame cadavérico será possível fazer a identificação da ossada. No local, a polícia encontrou objetos da vítima, como pochete, chaves e outros pertences.

“Lá o fogo tinha pego parte da ossada, mas ainda foi possível resgatar dois ossos do fêmur, que é onde vai ser coletado material para DNA”, disse o auxiliar de perícia criminal, Kilson Araújo.

OSSADA ENCONTRADA

No início do mês, outra ossada foi localizada na região dos cocais, às margens da BR-316. Perícia técnica foi até o local para colher vestígios que pudessem levar à identificação da vítima, através de exame de DNA.

O corpo seria de um homem, que foi enrolado em uma rede. Está descartada a hipótese do homem ser um caçador já que, segundo a perícia técnica, ele estava com objetos de uso pessoal como creme dental e medicamentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.