Home Maranhão São Luís Corrente do bem ajuda pescadora que teve R$ 1.000 roubados dentro de ônibus

Corrente do bem ajuda pescadora que teve R$ 1.000 roubados dentro de ônibus

Corrente do bem ajuda pescadora que teve R$ 1.000 roubados dentro de ônibus

Uma corrente de solidariedade realizada pelo programa “Bom Dia Difusora”, apresentado pelos comunicadores Robson Júnior e Keith Almeida na rádio 94,3 FM, conseguiu exames e consultas para uma mulher de 53 anos que foi assaltada nesta quinta-feira (10) em São Luís.

Juntamente com o filho adolescente, a senhora veio da cidade de Joselândia, a cerca de 330 quilômetros da capital maranhense, para tratamento de um câncer. Dentro de um ônibus urbano próximo à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) no bairro Ipase, sentido Centro, adolescentes teriam entrado no coletivo e roubado passageiros por volta das 05h30. Da mulher foi levada a quantia aproximada de R$ 1.000,00, que seria usada para os procedimentos de seu tratamento.

“Nada, nada, eu fiquei sem um real, não conheço ninguém neste lugar. Eu sou do interior e vim fazer um tratamento aqui. Ontem eu disse para a moça para passar o débito, ela pediu o dinheiro e eu fui até a lotérica para tirar o dinheiro para fazer o pagamento. Eles pegaram e levaram todo o meu dinheiro, meus cartões, meus exames, meu remédio que eu tomo de R$ 2.300,00; tudo eles levaram. Eu não tenho como tomar meu remédio”, disse emocionada a senhora.

Durante ronda pelos plantões de polícia, o repórter Bial Mendes encontrou a vítima, que foi levada pela cobradora para a delegacia. No Plantão de Polícia Civil da Cajazeiras, ao registrar o Boletim de Ocorrência, ela contou ao Bom Dia Difusora aos prantos como tudo aconteceu. A renda do ônibus não chegou a ser levada, o que impediu que o condutor encaminhasse o veículo até uma delegacia para os procedimentos de praxe.

“Duas senhoras fizeram parada, eles estavam escondidos atrás do ponto e saíram. Subiram, anunciaram o assalto e levaram os pertences dos passageiros. Três pessoas estavam dentro [do coletivo]. A senhora está desesperada, foi uma das vítimas, levaram os mil reais que ela ia para a consulta”, disse a cobradora.

Após a pescadora prestar depoimento e sair da delegacia, a reportagem do “Bom Dia Difusora” esteve na garagem da empresa de ônibus e conseguiu descobrir o paradeiro dela. A vítima foi trazida até o Sistema Difusora e uma verdadeira corrente do bem foi iniciada.

A Clínica Santa Maria, localizada na praça Deodoro, garantiu gratuitamente a realização de exames para a mulher. Já o Hospital Aldenora Bello, confirmou para esta sexta-feira (11) a consulta médica. O prazo ficou estipulado de acordo com o tempo que ela levaria para resolver a documentação necessária, haja vista que ficou também sem seus pertences.

Ouça abaixo parte da entrevista concedida pela cobradora e pela vítima, ao Bom Dia Difusora: