Home Maranhão São Luís Homem que se passava por médico em aplicativo deu golpe de R$ 100 mil em uma das vítimas

Homem que se passava por médico em aplicativo deu golpe de R$ 100 mil em uma das vítimas

Homem que se passava por médico em aplicativo deu golpe de R$ 100 mil em uma das vítimas

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e Delegacia de Defraudações, cumpriu na última quinta-feira (23) em um edifício na Ponta d’Areia, em São Luís, mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão contra um suspeito de vários crimes de estelionato e furto mediante fraude.

O investigado conhecia as vítimas através do aplicativo de relacionamentos Tinder, se passava por médico, mantinha relacionamentos íntimos e, após ganhar a confiança das vítimas, fotografava seus cartões bancários ou conseguia acesso aos aplicativos de bancos.

Ao todo, há aproximadamente 20 boletins de ocorrência de vítimas com o mesmo modus operandi ou fraudes semelhantes, somente no Maranhão. No estado do Piauí também há vários boletins de ocorrência.

A Delegacia de Defraudações investiga dois casos; em um deles o prejuízo estimado da vítima é de aproximadamente R$ 100 mil reais. A Polícia Civil acredita que o investigado tenha feito outras vítimas.