Home Maranhão Imperatriz Criminosos ateiam fogo em ônibus e escola na região tocantina

Criminosos ateiam fogo em ônibus e escola na região tocantina

Featured Video Play Icon

Em Imperatriz, na região tocantina, criminosos invadiram uma escola na noite desta terça-feira (21) e atearam fogo em objetos. Momentos depois, um ônibus da empresa Ratrans também foi incendiado.

Segundo as primeiras informações, três homens em uma motocicleta Bros entraram no Centro de Ensino Amaral Raposo, na região do Grande Parque Alvorada, pela parte de trás. Eles queimaram carteiras, livros e tentaram incendiar a mobília da unidade escolar.

Os criminosos ainda foram até o alojamento onde estava o vigilante, mas não conseguiram entrar no local. O servidor foi socorrido por populares e o incêndio foi controlado. A polícia também foi acionada até a localidade.

Cerca de meia hora depois, na região do Bom Jesus, um ônibus de transporte coletivo da Ratrans foi atacado por quatro homens. Os criminosos ainda tentaram atirar no motorista, que conseguiu fugir a tempo sem ser atingido. Em seguida, o bando entrou no veículo com galões de gasolina e o incendiaram.

O Corpo de Bombeiros controlou as chamas após 40 minutos de combate, a polícia também esteve no local, que fica nas proximidades de uma estrada que dá acesso a um campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) na cidade.

A Secretaria de Estado da Educação se manifestou por meio de nota. Veja na íntegra abaixo:

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que no início da noite desta terça-feira (21) houve um princípio de incêndio no Centro de Ensino Amaral Raposo, localizado no município de Imperatriz, ocasionado por vândalos que teriam pulado o muro da escola e provocado as chamas no pátio interno. A comunidade do entorno imediatamente acionou o Corpo de Bombeiros, que controlou o fogo.

A Seduc esclarece que a escola está em reforma e que o ocorrido causou danos materiais em parte da mobília e de alguns documentos escolares que foram queimados. A Seduc informa, ainda, que acionou as autoridades policiais e que a equipe da Unidade Regional de Educação de Imperatriz está no local, acompanhando a apuração da polícia.

Por fim, diante desse ato criminoso, a Secretaria externa tristeza e lamenta que ações como essas ocorram em prédios escolares, que são ambientes de formação cidadã do povo do Maranhão. Ao mesmo tempo, aguarda que os responsáveis sejam identificados e punidos pelo crime cometido contra o patrimônio público.