Home Maranhão Preso mais um envolvido na morte de pais do deputado Cléber Verde

Preso mais um envolvido na morte de pais do deputado Cléber Verde

Preso mais um envolvido na morte de pais do deputado Cléber Verde

Investigação da Polícia Civil identificou e prendeu um quinto suspeito no caso de assassinato do casal Maria Graça Cordeiro Mendes e Jesuíno Cordeiro Mendes – pais do deputado federal Cléber Verde. O suspeito foi preso na noite de quinta-feira (16), durante operação conjunta das equipes da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Na ocasião, o homem estava escondido em um imóvel abandonado, no bairro Araçagi. 

Em interrogatório à polícia, o suspeito confessou envolvimento no caso e confirmou conhecer o bando de Fábio da Conceição Cardoso. Fábio foi apontado como líder do grupo criminoso que matou o casal. Ele foi morto em confronto com a polícia, durante operação para prendê-lo. Os pais do deputado federal foram mortos na noite de terça-feira (14), em Turiaçu, após serem abordados pelo bando, na fazenda em que moravam. Com a prisão, a polícia soma cinco suspeitos identificados no caso.

A informação sobre o homem preso chegou por denúncia anônima, dando conta de um indivíduo suspeito que estaria abrigado em imóvel no bairro Araçagi. A polícia foi ao local checar a ocupação ilegal de uma casa abandonada, onde encontraram um casal que dizia ter vindo da cidade de Cândido Mendes e afirmava não ter conhecimento do crime ou qualquer relação com os envolvidos. 

Em contato com as polícias da Baixada Maranhense e Alto Turi, as equipes de investigação conseguiram informações de que o homem era compadre de um dos procurados pela morte do casal. Após o confronto de versões, o homem preso confessou que foi convidado pelo líder do bando para praticar o assalto na fazenda das vítimas.

A polícia já havia prendido um homem e apreendido um adolescente. Apesar de confirmarem conhecer Fábio e seus comparsas, os dois não tinham envolvimento direto com o assassinato dos pais do deputado federal. A investigação permanece na busca por três envolvidos com o crime, que estão foragidos.

Com informações da SEAP-MA.