Home Notícias Corpos de pais de deputado Cleber Verde são velados na capital

Corpos de pais de deputado Cleber Verde são velados na capital

Corpos de pais de deputado Cleber Verde são velados na capital

A cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) apresentou nesta quarta-feira (15) um relatório parcial sobre o caso do assassinato dos pais do deputado federal Cleber Verde. Três pessoas ainda estão foragidas.

O homem que executou os pais do deputado federal também morreu durante confronto com a polícia. Fábio da Conceição Cardoso era considerado um criminoso de alta periculosidade e costumava agir com muita crueldade.

Maria da Graça Cordeiro Mendes e Jesuíno Cordeiro Mendes foram mortos na fazenda de propriedade deles no município. Nesta quarta-feira (15), a cúpula de segurança do estado embarcou para Turiaçu em um helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA), para acompanhar de perto o andamento das investigações.

De acordo com a polícia, dois homens e uma mulher permanecem foragidos; eles teriam participado diretamente do crime. Um outro homem foi preso e um adolescente foi apreendido. Eles teriam envolvimento com o bando comandado por Fábio da Conceição Cardoso.

Os corpos dos pais do deputado chegaram à capital maranhense na noite desta quarta-feira, e estão sendo velados na Pax União na região central.

ENTENDA O CASO

Fábio Cardoso e outras três pessoas teriam ido à fazenda do casal para efetuar o roubo de arma de fogo, pois o bando teria informações de que na casa havia armas. No local, encontraram Jesuíno Mendes fazendo reparo em uma cerca a 150 metros da casa, onde o atingiram com arma de fogo e arma branca. A esposa, Maria Mendes, estava dentro da casa e foi atingida com objeto de madeira e arma branca. 

A fazenda era afastada da sede do município, o casal morava só e não havia câmera de segurança. No local, até o momento, a polícia identificou que foi levada uma arma, a ser identificada, e o celular da esposa. O crime foi arquitetado pela manhã, quando parte do grupo observou o movimento na fazenda e repassou informação para o líder.

Fábio Cardoso é ligado à facção que age em São Luís, era procurado pela prática de crimes em Turiaçu, Cândido Mendes, Santa Inês e região. Ele era o mais violento do grupo, informou o secretário de Segurança. “Ele tinha o comportamento de agredir e lesionar as vítimas, mesmo sem qualquer reação destas. O casal foi morto de modo cruel e vil”, disse Jefferson Portela.

A investigação é conduzida pela Delegacia Regional de Pinheiro e tem apoio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).