Conveniência da região metropolitana é interditada por descumprir protocolos sanitários

Na noite desse sábado (11), equipes do Procon/MA, Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran e SMTT estiveram em diferentes postos de combustível da Região Metropolitana de São Luís. Lojas de conveniência foram vistoriadas para evitar aglomerações e o respeito às medidas de contenção ao coronavírus. 

“O principal ponto a ser verificado é se os protocolos sanitários estão sendo obedecidos e se de alguma forma esses consumidores estão sendo colocados em risco nesses locais”, explicou o diretor de Fiscalização do Procon/MA, Carlos Eduardo Garcia. 

A ação é parte de uma série de fiscalizações e inspeções realizadas pelo Governo do Estado, as quais visam o cumprimento de decretos estaduais e das Portarias nº 42 e 43 da Casa Civil, normas que regulam a retomada parcial dos serviços não essenciais e estabelecem medidas sanitárias gerais e específicas para o exercício de atividade econômica.

Interdição

Com irregularidades como ausência de demarcação nas filas do caixa, desrespeito ao distanciamento mínimo de mesas, ausência de álcool em gel para higienização dos consumidores, além do funcionamento fora do horário permitido, conforme Portaria n° 42 da Casa Civil, uma das lojas de conveniência visitadas foi interditada pela Vigilância Sanitária e Procon. As atividades do estabelecimento permanecerão suspensas até a regularização da situação, que será novamente avaliada pelos órgãos responsáveis pela interdição.