Home Brasil Conflitos agrários atingiram cerca de 70 mil pessoas no Maranhão em 2019

Conflitos agrários atingiram cerca de 70 mil pessoas no Maranhão em 2019

Featured Video Play Icon

A violência no campo atingiu no ano passado cerca de 70 mil pessoas no Maranhão. Os dados são de um relatório da Comissão Pastoral da Terra (CPT), ligada à Comissão Nacional de Bispos do Brasil, e mostra um retrato de um problema histórico no país.

Em mais de 170 localidades no estado foram registradas disputas de terras no ano passado e nelas pessoas vivem sob tensão constante. O relatório da CPT também contabilizou os conflitos no campo pelo uso da água.

Segundo o levantamento, em 2019 foram registrados 489 conflitos por água no país — um recorde desde 2002 —, quando a CPT começou a contabilizar essas disputas. Só no ano passado, 69.793 famílias se envolveram nesses conflitos.