60 pessoas foram presas este ano por roubos a residências e estabelecimentos

Sessenta prisões preventivas foram cumpridas pela Polícia Civil do Maranhão neste primeiro semestre de 2020, o que representa um aumento de 53,85% em relação ao mesmo período no ano passado, quando 39 prisões foram realizadas.

As operações de combate aos crimes patrimoniais, roubos a residências e estabelecimento comerciais, vêm sendo realizadas pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com apoio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC).

Em todo ano de 2019 foram cumpridos 63 mandados de prisões, número quase igual aos primeiros seis meses do 2020. Como consequência, houve queda de 29,03% no número de casos de roubos a residências no mês de junho de 2020, com 22 registros de ocorrências.

Além disso, foi constatada a diminuição de 15,49% nos crimes de roubos a comércios/empresas no mês de junho de 2020. Dentre as 60 pessoas presas pela DRF no primeiro semestre estão integrantes grupos criminosos que atuavam em assaltos a residências, comércios, postos de combustível e outros estabelecimentos.