Movimento de bares e restaurantes é tímido após autorização para reabertura

Neste sábado (04) completa uma semana que bares e restaurantes da Grande Ilha foram autorizados a voltar a funcionar. Por enquanto, o movimento tem sido considerado pequeno e, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Maranhão (ABRASEL) que representa o setor, muitos estabelecimentos que fecharam não devem voltar a funcionar. Os estabelecimentos devem cumprir uma série de medidas, mas segundo a associação nem todas as empresas vão conseguir reabrir. O índice no estado pode chegar a 40%.

TAXA DE TRANSMISSÃO

Reportagem publicada pelo portal UOL nesta quinta-feira (02) mostra que o Maranhão tem a menor taxa de transmissão de coronavírus em todo o Brasil. O índice se mantém abaixo de 1. O Maranhão aparece com taxa de contágio de 0,80. Na semana passada, o estado aparecia também com o mais baixo índice brasileiro no mesmo estudo. 

Quando a taxa é superior a 1, cada contaminado transmite a doença para mais de uma pessoa, logo o vírus ainda avança. Quando é abaixo de 1, a tendência é que os novos casos comecem a cair. Afinal, uma pessoa passa a contaminar cada vez menos outras pessoas. Há um mês, a taxa no Maranhão era de 1,42. Agora é de 0,80. 

Além do Maranhão, os estados que têm taxa abaixo de 1 são Ceará, Amapá, Amazonas, Pará e Acre. Na Paraíba, o mês de junho fechou com taxa igual a um.