Aglomeração está entre infrações mais cometidas por estabelecimentos após reabertura

Em um pouco mais de um mês que o comércio da capital maranhense foi reaberto de forma gradual e várias irregularidades já foram cometidas. Um dos principais focos da operação de fiscalização é o centro da cidade.

As ações estão ocorrendo nos estabelecimentos da Rua Grande, principal centro comercial da capital. O objetivo é verificar o cumprimento de medidas que podem evitar os riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Das quase 170 ações de fiscalização, 16 autos de infração já foram lavrados pelas equipes da Vigilância Sanitária.

No dia 25 de maio o comércio no Maranhão iniciou a reabertura gradual, desde então a circulação de pessoas não pára de crescer. Entre as irregularidades estão: a abertura de estabelecimentos não autorizados, aglomeração de pessoas no ambiente e a ausência de sinalizações de segurança.