Preso suspeito de matar sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney

Foi preso nesta sexta-feira (26) um homem suspeito do assassinato de Diogo Adriano Costa Campos, sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney. A Delegacia Geral está à frente do caso, sob comando do delegado Leonardo Diniz.

Os detalhes sobre as investigações serão repassados à imprensa a partir das 15h desta sexta-feira pelo delegado Leonardo Diniz, além dos delegados Lúcio Reis e George Marques, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

O suspeito seria receptador de veículos e teria participado, inclusive, do roubo do veículo usado no dia do crime – um Fiat Argo de cor vermelha.

Diogo foi morto após uma briga de trânsito na Lagoa da Jansen.

ENTENDA O CASO

Diogo Adriano Costa Campos morreu após se envolver em briga de trânsito registrada no último 16 de junho, na Lagoa da Jansen, em São Luís.

De acordo com o comandante do Batalhão de Polícia Militar de Turismo do Maranhão (BPTUR), coronel Honório Carvalho, os dois motoristas teriam começado a discutir próximo ao condomínio onde ele morava e, metros a frente, Diogo acabou saindo do carro. A vítima foi morta a tiro pelo outro condutor, que fugiu do local à época.