Home Notícias Saúde Imperatriz terá unidade de prevenção do Câncer do Hospital de Amor

Imperatriz terá unidade de prevenção do Câncer do Hospital de Amor

Imperatriz terá unidade de prevenção do Câncer do Hospital de Amor

O senador Weverton (PDT-MA) e o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, farão uma visita técnica a Imperatriz nesta sexta-feira (26) para avaliar pessoalmente o terreno onde será implantada uma unidade de prevenção de câncer do Hospital de Amor, que atenderá o público feminino dos municípios da regional de saúde de Imperatriz.

A implantação do Hospital de Amor do Sul do Maranhão foi acertada pelo senador com a diretoria da entidade e tem o apoio da prefeitura de Imperatriz, que doará o terreno. Os recursos para a construção da unidade já estão garantidos.

“Definimos a implantação em Imperatriz porque é a maior cidade ao sul do Maranhão e garantirá atendimento a toda a região. Em São Luís, já temos o Aldenora Belo que atende com excelência o estado todo e conta com todo o nosso apoio”, explicou Weverton.

Em 19 de junho, o senador esteve em Barretos (SP), onde conheceu as instalações do principal hospital de tratamento do câncer da instituição e viu de perto o trabalho de prevenção que será levado a Imperatriz.

HOSPITAL DO AMOR

Excelência em oncologia, o Hospital de Amor (atual nome do Hospital de Câncer de Barretos) fechou o ano de 2020 com 1.047.440 atendimentos realizados a 224.883 pacientes de 2.335 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura.

Foram realizadas 24.351 internações, 252.544 quimioterapias, 9.500 refeições servidas por dia, 100% de forma gratuita. O déficit operacional é de R$ 29,5 milhões/mês de acordo com o balanço oficial de 2020.A entidade reúne 380 médicos e 5.300 funcionários, em todas as suas unidades espalhadas pelo Brasil.

Em 2020, o hospital assumiu a liderança do ranking da Scimago Institutions Rankings (SIR), entre todos os centros de saúde da América Latina, e ocupou o segundo lugar entre as instituições que realizam pesquisas na área da saúde. O levantamento é uma ferramenta de reconhecimento internacional, que avalia a qualidade de instituições (públicas ou privadas) em todo o mundo, considerando os critérios: pesquisa, inovação e impacto social.

A instituição é historicamente reconhecida. Foi escolhida, em 2000, pelo Ministério da Saúde, como o melhor hospital público do país. Desde 2011 é considerada “instituição irmã” do MD Anderson Cancer Center, o maior centro de tratamento e pesquisa de câncer do mundo. O Hospital de Amor tornou-se “instituição gêmea”do Saint JudeChildren’s Research Hospital em 2012. A última conquista ligada ao St. Jude aconteceu em 2019, quando Barretos foi escolhida como a instituição brasileira para expandir o programa de aliança global do hospital americano, que capacita médicos, enfermeiros e outros profissionais da equipe multidisciplinar, tanto do Brasil quanto da América Latina. Dar as mesmas chances de cura de todas as crianças do mundo é o objetivo deste programa global.

Unidades HA pelo país:

Em funcionamento:

Hospitais (tratamento de câncer): Barretos (SP), Jales (SP), Porto Velho (RO).

Institutos de Prevenção: Barretos (SP), Fernandópolis (SP), Campinas (SP), Porto Velho (RO), Ji-Paraná (RO), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Dourados (SP), Macapá (AP), Rio Branco (AC), Lagarto (SE), Juazeiro (BA), Irecê (BA), Guanambi (BA), Jequié (BA), Teixeira de Freitas (BA) e Salvador (BA).

Institutos de Reabilitação: Barretos (SP) e Araguaína (TO).

Projetos em andamento:

Hospitais: Palmas (TO) e Lagarto (SE)

Instituto de Reabilitação: Ji-Paraná (RO)

Institutos de Prevenção: Sinop (MT), Manaus (AM), Cruzeiro do Sul (AC), Arapiraca (AL), Palmas (TO), Araguaína (TO), Imperatriz (MA) e Boa Vista (RR).