Home Cultura Boi de Pindaré comemora 60 anos como o primeiro grupo de sotaque da Baixada

Boi de Pindaré comemora 60 anos como o primeiro grupo de sotaque da Baixada

Featured Video Play Icon

Considerado o primeiro grupo de sotaque da Baixada, o Boi de Pindaré completa seis décadas de história e o grupo tem se reinventado e se adequado à nova realidade de um São João à distância.

Seguindo o novo normal, o grupo aderiu às lives e já realizou duas até agora. O batizado do boi, que acontece sempre na véspera de São Pedro, também foi no mundo virtual, longe do calor do povo. Sem os arraiais, o primeiro grupo de boi de sotaque da baixada em São Luís precisou se adequar à nova realidade. A toada Urrou do Boi, considerada hino cultural e folclórico do Maranhão no ano de 1991, é o maior sucesso da brincadeira, que em 2020 completa 60 anos.

O amo do boi, João do Sá Viana, achou estranha a nova modalidade de apresentações imposta pela pandemia do novo coronavírus. A presidente da brincadeira, Benedita Arouche, faz questão de manter acesa a todo custo a tradição de pandeirões de couro de cabra, chapéus de pena e cazumbás, e planejou as comemorações dos 60 anos com muita festa e alegria, apesar das dificuldades financeiras, que só não são maiores que o amor pela tradição.

Tradição que une várias gerações ao redor do som leve e suave de pandeirões e da beleza das roupas com penas e bordados em base de veludo e chapéus de fitas.