Home Maranhão São Luís Ex-marido apontado como mandante de duplo homicídio já está em Complexo Penitenciário

Ex-marido apontado como mandante de duplo homicídio já está em Complexo Penitenciário

Featured Video Play Icon

O homem apontado como mandante de um duplo assassinato, que aconteceu no início deste mês no bairro Altos do Calhau, já se encontra no Complexo Penitenciário São Luís. O ex-marido de Graça Oliveira chegou à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) na tarde desta quarta-feira (24).

Graça e a filha, Talita Oliveira, foram encontradas mortas com sinais de estrangulamento dentro de um carro na garagem de casa. O suspeito foi preso em Imperatriz, na região tocantina, no fim de semana.

Outras duas pessoas já foram capturadas por suspeita de participação, um pedreiro que confessou ter executado a ação e o chefe de obras, que teria intermediado a negociação. Ambos trabalhavam na casa vizinha à da vítima.

DUPLO HOMICÍDIO

O crime teria sido encomendado por R$ 5 mil e foi elucidado em 20 dias. Desde que se separaram, Graça e o ex-marido mantinham causas na justiça por conta de uma divisão de bens.

“Ele [o executor] foi contratado para matar essas vítimas por asfixia e depois tocar fogo nos corpos para evitar vestígios de que houve um assassinato. A ele foram dadas duas opções; ou ele colocava os corpos no carro e tocava fogo no carro ou ele deixava os corpos na cozinha, levava uma vela para acender e deixava o gás ligado para que isso causasse um incêndio. Causando um incêndio, na cabeça da pessoa que mandou, ia encobrir qualquer vestígio de que ali tinha acontecido um assassinato”, disse a delegada Viviane Fontenelle, do departamento de feminicídios da SHPP.