Home Notícias Saúde São Luís inicia última semana da campanha de vacinação contra Influenza/H1N1

São Luís inicia última semana da campanha de vacinação contra Influenza/H1N1

Featured Video Play Icon

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) iniciou, nesta segunda-feira (22), a última semana da campanha de vacinação contra a Influenza/H1N1 na capital maranhense que segue até o dia 26 deste mês. Até o momento, de acordo com dados do setor de imunização da pasta, 315.378 pessoas foram imunizadas. No total, 46 locais de vacinação (sendo 43 postos de saúde e três escolas) estão disponíveis. A vacinação segue com ordenamento alfabético e horários determinados para evitar aglomerações. 

Nesta segunda-feira (22), foram vacinadas as pessoas cujos nomes começam entre as letras N e P. Na terça-feira (23) e quarta-feira (24), será a vez do público cujos nomes começam entre as letras Q e T. Por fim, nos dias 25 e 26 deste mês, vacinam-se as pessoas cujos nomes começam entre as letras U e Z. 

Esta fase da campanha começou no dia 8 deste mês e inclui profissionais das forças de segurança e salvamento; caminhoneiros; profissionais de transporte coletivo; portuários; pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual e deficiência múltipla e retardatários, ou seja, pessoas dos grupos anteriores que não se vacinaram.

Para o secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, a campanha ocorre conforme o planejamento municipal. “Por determinação do prefeito Edivaldo, além de ampliar a cobertura, facilitamos o acesso às pessoas pela descentralização dos pontos de aplicação das doses, obedecendo às recomendações de segurança sanitárias”, disse.

Diariamente e dependendo do ordenamento alfabético, pela manhã, das 8h ao meio-dia, devem comparecer aos postos profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com deficiência e àquelas pessoas que não conseguiram se vacinar nas fases anteriores da campanha. Durante a tarde, das 13h às 17h somente poderão se vacinar os portuários, profissionais de transportes coletivos (motorista e cobradores) e os caminhoneiros.